quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Peço Licença convida Samba Ben no Odisséia



Dia 5 de janeiro o 'Samba Ben' participa da roda de samba do Peço Licença. Já estamos ensaiando 'Que Pena' (Tô amando, minha chance de pensar que sou a Gal!) Surpresa, será a estréia mundial da banda. Sejam bem-vindos, será uma honra!
Já que todos os integrantes são Flamenguistas, aí vai uma foto pra eles se deliciarem.
Beijos Vascaínos!

FELIZ NATAL!

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Ganhamos o Brasil Mestiço!



Vencedores do 1o. Concurso Brasil Mestiço de Samba e Choro



Composições de samba:



Flores para uma rosa (interpretada pelo grupo Peço Licença)


Questão de Referencial (interpretada pelo grupo Luiza Borges)

Liberdade não tem preço (interpretada pelo grupo Rafael Borges)

Análise do Samba (interpretada pelo grupo Rafael Borges)

Nega Sacana (interpretada pelo grupo Marcelo Roxo)

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Peço Licença na Ladeira em janeiro de 2008



Vamos comandar a roda de samba no dia 12 de janeiro de 2008 No Bar da Ladeira, na rua Evaristo da Veiga, nº 149, Lapa, em frente aos Arcos da Lapa, ao lado do "Semente". Horário: 22h. Os ingressos custam R$10 até 23h, após esse horário, custam R$14. Tel.: 2224-9828. Aguardem promoção no jornal O Dia!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Peço Licença e Empolga às 9 no Odisséia em janeiro



Vamos estar no Odisséia nos dias 5 e 19 de janeiro de 2008. Assim que tiver as informações passo pra vocês. Vamos ter promo no jornal O DIA e serão 20 convites duplos para os leitores. Aguardem!



quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Nação Zumbi lança 'Fome de Tudo' no Circo Voador






Nesta sexta, dia 14 de dezembro, a Lapa vai virar Manguetown. Os caranguejos cerebrados da Nação Zumbi voltam ao Rio pra lançar seu novo CD, "Fome de Tudo", numa daquelas noites que tem tudo pra ficar reverberando por muito tempo nos corações e mentes cariocas!



A noite faz parte do projeto Temporal PE, que traz ainda Junio Barreto, repetindo no show a participação especial que ele fez no disco da Nação. Para abrir o show, o ex-integrante da lendária Querosene Jacaré, Ortinho mostra as músicas de seu primeiro solo, "Ilha do Destino". Que venha a Nação Zumbi!



Nação Zumbi lança 'Fome de Tudo' no Circo Voador:Rua dos Arcos, S/N, Lapa, RJ. Às 22h. R$ 20 (Estudante) e R$ 40 (Inteiro). Classificação: 18 anos (de 12 a 17 anos somente acompanhado dos pais). Informações: (21) 2533-0354


Peço Licençano Bar da Ladeira neste sábado 15/12

O grupo Peço Licença vai comandar a roda de samba no Bar da Ladeira, neste sábado (15/12), na rua Evaristo da Veiga, nº 149, Lapa, em frente aos Arcos da Lapa, ao lado do "Semente". Horário: 22h. Os ingressos custam R$10 até 23h, após esse horário, custam R$14. Tel.: 2224-9828

O Peço Licença, formado por Daniela Calcia (voz), Marcelo Sant'Anna (Voz e violão), Phelipe Ornellas (Voz e Cavaco), Fábio Ornellas (Voz e surdo), Dizzy (pandeiro) e Yuri Portella (tantan), mistura samba e teatro e apresenta esquetes de brigas de casais embaladas por sambas antigos e novos de bambas como Sinhô, Cartola, Ataulpho Alves e Assis Valente.

Música se aprende aos passos



DANIELA CALCIA



Aprender a ler partitura e tocar um instrumento de percussão pode parecer difícil. Mas o método O Passo dá a qualquer pessoa a chance de se transformar num músico profissional. A idéia foi desenvolvida pelo professor de música Lucas Ciavatta em 1996 e já correu o mundo. No Brasil, grupos como Monobloco e Empolga às 9 nasceram dessa fonte.



A inspiração para a criação do metódo veio da riqueza musical dos brasileiros, principalmente no que diz respeito à relação corpo e música e da dificuldade de alguns alunos em aprender pelo modo tradicional. Depois de muita pesquisa, Lucas decidiu usar o passo e as palmas como percepção do ritmo. “A gente ensina música e usa o passo paraa pessoa entender a música ritmicamente”.



Afoxé, alujá, congo, maracatu, xote, ciranda e até funk são tocados com instrumentos de percussão. Blocos de Carnaval como Monobloco, Empolga às 9, Kizomba e Bangalafumenga utilizam o método. Mestre Odilon, da Grande Rio, ministra cursos com Lucas. “Antes eu tinha a prática, mas a teoria me trouxe novas possibilidades rítmicas”, revela Odilon.



Lucas já correu o mundo e se divide entre o Bloco do Passo, as aulas nos colégios Oga Mitá e Santo Inácio e os cursos livres que realiza pelo Brasil e exterior. No site http://www.opasso.com.br/ é possível ouvir e baixar ritmos e partituras.



ONDE APRENDER O PASSO


ESCOLAS QUE UTILIZAM O MÉTODO:


Oga Mitá

Centro Educacional Pequena Cruzada
(http://www.pequenacruzada.org.br/)

Ceat

Eliezer

Santo Inácio
(http://www.santoinacio-rio.com.br/)



CURSOS LIVRES:



Escola Oga Mitá: Às quintas-feiras, das 18h às 20h. Rua Maxwell 194, Vila Isabel (9967-6224). Idade: a partir de 13 anos. Mensalidade: R$ 60 (estudantes) e R$ 50 (funcionários e alunos da escola). A primeira aula é gratuita.



UNIRIO: Às quartas-feiras, das 10h às 12h. Avenida Pasteur 436, sala 604 (Teatro), Urca. Mensalidade: R$ 100.



Maracatu Brasil: Às quintas-feiras, das 19h30 às 21h30. Rua Ipiranga 49, Laranjeiras. (2557-4754). Mensalidade: R$ 100.


Rita Ribeiro grava DVD 'Tecnomacumba' no Canecão hoje




A cantora maranhense Rita Ribeiro grava o DVD do show 'Tecomacumba', nesta quarta-feira (12), no palco do Canecão, em Botafogo. Depois de rodar o Brasil por quatro anos, Rita registra sua proposta musical que mescla MPB, guitarras, batuques dos terreiros de Candomblé e beats eletrônicos. “'Tecnomacumba' é uma intervenção cultural que busca mostrar o quanto a MPB deve às religiões africanas. E essa intervenção, que tem quatro anos de existência, está encerrando um ciclo”, revela a cantora. O espetáculo já foi visto por mais de 100 mil pessoas.



Rita apresenta no show o repertório do CD homônimo, que passeia por clássicos do cancioneiro brasileiro, além de músicas menos conhecidas, de compositores que beberam na riqueza das religiões africanas. 'Domingo 23', sucesso de Jorge Benjor. 'Babá Alapalá' do Ministro Gilberto Gil. Caetano Veloso ganha duas releituras, 'Oração ao Tempo', que lembra um pouco 'Woman in chains', música eletrônica do Tears for Fears. Em 'Iansã', guitarras pesadas em música que também já foi gravada por Maria Bethânia. 'Coisa da Antiga'(Wilson Moreira e Nei Lopes) é pinçada do cancioneiro da sambista mineira Clara Nunes.



'É D’Oxum' (Gerônimo e Vevé Calazans), sucesso na voz de Gal Costa na década de 90, ganha versão mais cool na voz de Rita. 'Rainha do Mar' do baiano Dorival Caymmi, também foi gravada por Gal no LP 'Gal canta Caymmi', na década de 70. Cantada por Rita em seu primeiro disco 'Cocada' (Antônio Vieira) ganha releitura eletrônica. E a faixa que mais empolga a platéia, 'Cavaleiro de Aruanda' de Tony Osanah, já registradas por intérpretes tão distintos como Ronie Von e Margareth Menezes, entre outras. Pontos de macumba permeiam todas as músicas.



O show contará ainda com performance da bailarina Kiusam de Oliveira, com figurino de Luciana Buarque, responsável pelas indumentárias da minissérie global 'A Pedra do Reino'.



Serviço: Rita Ribeiro – Tecnomacumba - Canecão Petrobras - Rua Wenceslau Brás 215, Botafogo. Quarta às 20h30. R$30. (2105-2000)





quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Patrimônio público em péssimo estado





Má conservação da Casa do Capão do Bispo, sede do Instituto de Arqueologia do Brasil, em Del Castilho, irrita leitora arquiteta

Daniela Calcia




Rio - A arquiteta Janaína Barboza de Castro lamenta o estado em que se encontra a Casa do Capão do Bispo, localizada na Avenida Dom Hélder Câmara, em Del Castilho. O local sedia, desde a década de 70, o Instituto de Arqueologia do Brasil (IAB). “Só na Zona Sul é que cuidam dos bens culturais e das pracinhas. Há um descaso com os moradores da Zona Norte”, reclama a leitora.



A casa foi tombada em 1947 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Iphan, órgão federal que reconhece e fiscaliza os bens preservados no País. “Seu valor não se limita ao Rio. A propriedade era um dos principais núcleos disseminadores de mudas de café rumo ao interior. Sua arquitetura é típica das casas rurais do século XVIII, exemplar único da arquitetura civil colonial”, diz a arquiteta.



A assessoria do Iphan informou que a responsabilidade de conservação do bem é do usuário. O Iphan fiscaliza e, em casos críticos, os problemas são resolvidos na Justiça. Segundo Marcus Monteiro, diretor-geral do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), responsável pelo local, a propriedade precisa de obras, principalmente no telhado. “Temos um funcionário que faz a manutenção da casa. Além disso, o IAB desenvolverá projeto para restauração enquadrado na Lei Rouanet”, explica.



Fonte O DIA ONLINE: http://odia.terra.com.br/voce_noticia/htm/patrimonio_publico_em_pessimo_estado_138110.asp


segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

'PROPAGANDO' É MUITO BOM!



Foi além das minhas expectativas o DVD 'Propagando', do Nação Zumbi. Assistir ao grupo, me fez lembrar da primeira vez que assisti um Fellini (Guilieta dos Espíritos) e Buñuel (Um anjo exterminador) sensações inexplicaveis pelo corpo.


O som do grupo me leva a viagens nunca antes imaginadas. Com direito a vontade total de estar em Recife! Ao lado de Mutantes, Banda Black Rio e Fundo de Quintal, é uma das minhas preferidas!



O casamento do rock, com o maracatu e a tecnologia é perfeito.
Além de sucessos antigos, da época de Chico Science, a Nação passeia pelo repertório de Benjor , 'Umbabarauma (Ponta de Lança Africano)', e 'Purple Haze' (Jimi Hendrix), que explica as ligações da Nação com a psicodelia dos anos 60/70.



Um making of, entrevistas e três videoclipes oficiais, 'Propaganda', 'Blunt of Judah' e 'Quando a Maré Encher', além do inédito e interessante 'Guitacammacô', gravado inteiro a partir do braço da guitarra de Lúcio Maia.



Obrigatório pra quem quiser entender o movimento mangue beat, que conta ainda com os grupos Mundo Livre S/A, Cordel do Fogo Encantado, Otto e os cineastas Lírio Ferreira, Paulo Caldas, Cláudio Assis e Marcelo Gomes.