quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Samba nas patas

Blocão, a festa carnavalesca para os bichos e seus donos, será no próximo domingo, em Copacabana. Preparem as fantasias

Gislândia Governo







Os tamborins já estão a postos para animar o bloco de Carnaval mais animal da cidade. Domingo, dia 27, a partir das 15 h, a orla de Copacabana será palco da sexta edição do Blocão Nossos Bichos. O evento é dedicado aos bichos de estimação e seus donos.



Organizado pelo Dia, em parceria com a Bicho Bacana pet shop & veterinária e o Parque do Totó, o Blocão conta este ano com várias atrações. Crianças da escola de samba mirim Estrelinha da Mocidade, cujo enredo deste ano é ‘Meu melhor amigo é o bicho’, dos carnavalescos Marcelo Costa e Ricardo Dias, estarão na festa. “Há algum tempo queria fazer um enredo sobre bichos, mas achavam que cachorro não daria samba. Mas acabou dando certo e contaremos a relação das crianças com os animais e a questão da posse responsável. Foi meu cão, Beethoven, meu grande inspirador”, conta Edson Menezes, da diretoria da escola mirim.



Thatiana Pagung será a madrinha da festa



Rainha de bateria da Mocidade Independente de Padre Miguel, Thatiana Pagung será a madrinha da festa e mostrará muito samba no pé acompanhada de sua inseparável poodle Vitória. “Será a estréia de minha mascote no samba. Ela irá fantasiada de princesa”, conta a musa. Samba nos pés, aliás, nas patas, não será problema para a poodle, garante Thatiana. “Quando ela me vê samabndo, tenta acompanhar meu ritmo, dando muitos pulinhos. Ela é uma graça e muito animada!”, diz.



A veterinária Isabella Morand, da Bicho Bacana, lembra aos donos dos cuidados que devem ter com os bichos antes de levá-los para a festa. “Quem desejar fantasiá-los deve optar por roupinhas bem leves e que não causem incômodo. Se o dia for muito ensolarado, o ideal é proteger as patinhas dos cães com sapatinhos. Uma garrafinha de água também não pode faltar e, claro, se o animal apresentar cansaço, deve-se respeitar seus limites. E quem levar bichos idosos ou filhotes deve evitar caminhadas longas”, orienta.




Como participar:




ABADÁS. Para garantir seu abadá, é preciso se inscrever em uma das lojas Bicho Bacana, apresentando a carteira de vacinação do animal em dia. Informações: 2257-2000, 2255-9439 e 2227-0646. Também haverá distribuição de 100 abadás no dia do evento.



BRINDES. Distribuição de brindes do Dia e de empresas do mercado pet durante o evento.



HORÁRIO.
'Cãocentração' a partir das 15 h, no Posto 6 (em frente ao Clube dos Marimbás).



LIMPEZA. Leve saquinhos para coletar as fezes do animal.




FONTE: http://odia.terra.com.br/blog/gislandiagoverno/



Confira a letra do samba:


'É o bicho'

Autores: Gislândia Governo, Daniela Calcia e Marcelo Sant'Anna




Os bichos pedem passagem

Alô alô é carnaval

Vamos pular e prestar nossa homenagem

Sem esquecer da questão ambiental



Mata Atlântica vai perder o romantismo

Amazônia tá virando o Saara

A geleira derreteu lá no Alaska

Um vulcão vai surgir no Himalaia



O povo vai tomando consciência

Do perigo que corre a Mãe Terra

Lutar e proteger a fauna e a flora

É o lema do Blocão a toda hora



(Refrão)

Diga não ao esquecimento

Chega de desmatamento

Defender a causa animal

É acabar com o aquecimento global



Se o planeta esquenta

Nem o camelô agüenta

O bicho tá pegando na geral



Nem Knut, nem auau

Nem o mico, nem miau

O bicho tá pegando na geral



O Blocão tá consciente

Preservar o verde é legal

Cuidar do meio ambiente

É tarefa mundial

Nenhum comentário: